Ir para o topo
Suprareal Sementes

(46) 3543-4343

Você está em: InícioNotícia

Scot aponta segundo mês de alta no preço do leite ao produtor

Março terminou como o segundo mês de aumento consecutivo no preço do leite pago ao produtor. A média dos 18 estados pesquisados pela Scot Consultoria ficou em R$ 1,135 por litro, sem o frete, no pagamento de mês, referente à produção de fevereiro. A alta foi de 2,2% frente aos preços anteriores.

Na comparação com março do ano passado, o produtor está recendo 12,6% mais em valores nominais ou 6,9% mais, já descontando a inflação (IGP-DI). A produção de leite em queda segue dando sustentação aos preços no mercado brasileiro. Segundo o Índice Scot de Captação de Leite, a produção média brasileira caiu 4,5% em fevereiro, na comparação com janeiro deste ano. Para março, os dados parciais apontam nova queda de 1,2% na captação, em relação a fevereiro.

Para o próximo pagamento, a expectativa é de alta para o produtor, no entanto, fatores como as importações em alta, a demanda fraca, além do aumento da produção no Sul do país a partir de abril e maio, merecem atenção. Esses fatores, juntos, podem limitar os aumentos do leite.

Custos mais amenos

Se os preços recebidos pelo produtor aumentaram, as custos de produção caíram em março. A Scot aponta recuo de 2,6% em relação ao mês anterior. A maior redução foi no setor de combustíveis/lubrificantes, alimentos concentrados energéticos e proteicos e suplementos minerais. Juntos, eles reduziram o custo da atividade em 1,2%. A queda nos custos de produção somada as altas no preço do leite ao produtor melhoram a margem da atividade leiteira no país.

Fonte: Canal Rural

Imagem 1
Ver todas as notícias