Ir para o topo
Suprareal Sementes

(46) 3543-4343

Você está em: InícioNotícia

Agosto traz várias ondas de frio e chances de geada

As chuvas vão ficar acima da média do norte do RS até o sudoeste de SP

O mês de agosto será marcado por várias ondas de frio sobre toda a região Sul, parte do Sudeste e no Mato Grosso do Sul. Segundo a Somar Meteorologia, as mais intensas vão ocorrer ao longo da primeira quinzena do mês e no início da segunda quinzena, com chance de geadas.

“A previsão das datas exatas do evento desse fenômeno não são específicas, e sim estimativas, pois somente com sete dias de antecedência é possível afirmar sobre data e intensidade do frio extremo a ponto de provocar geadas”, explica Fabiene Casamento da Somar.

Segundo ela, o Sul do país mais uma vez vai registrar os maiores volumes de chuva. Do norte gaúcho até o sudoeste de São Paulo, os acumulados vão ficar acima dos 130 milímetros, ou seja, vão superar a média climatológica.

Vale salientar que é na primeira quinzena e no fim do mês que há mais ocorrências de chuvas. Do centro do estado de São Paulo até o norte do Rio de Janeiro, incluindo parte do sul de Minas, a chuva também acontece ao longo do mês.

Mesmo com baixo volume, essas pancadas vão ficar acima da média histórica, que é bem baixa. Já as temperaturas vão ficar abaixo da média climatológica, nessas mesmas localidades, por conta da ação das ondas de frio.

No extremo norte da região Norte do Brasil e litoral nordestino, a chuva ocorre em forma de pancadas, mas ainda com baixo volume. No restante do país, o mês ainda será seco.

Como foi julho?

O mês transcorreu sob neutralidade climática, após uma acentuada queda nas temperaturas das águas superficiais do oceano Pacífico Equatorial, que não chegou a configurar de fato uma La Niña.

O início do mês teve influência de um bloqueio atmosférico, que foi responsável por temperaturas de verão em pleno inverno em grande parte do país. As chuvas ficaram concentradas na região Sul, em especial sobre o Rio Grande do Sul, e sobre a faixa norte, entre o Amazonas, Roraima, norte do Pará e Amapá.

No Nordeste, destaque para chuvas costeiras no litoral leste e do Maranhão. Com relação às temperaturas, a entrada de duas ondas de frio intensas fez com que as mínimas ficassem entre a média a ligeiramente abaixo da média no leste paulista, sul mineiro, norte do Mato Grosso do Sul, sul e nordeste de Goiás, sul do Tocantins e sul da Bahia.

As máximas ficaram entre a média e ligeiramente abaixo da média entre o Rio Grande do Sul até o sul do Paraná e acima do normal no restante do Brasil.

Pryscilla Paiva, editora de Tempo do Canal Rural

Fonte: Canal Rural

Imagem 1
Ver todas as notícias