Ir para o topo
Suprareal Sementes

(46) 3543-4343

Você está em: InícioNotícia

Clima adverso interfere no desenvolvimento da segunda safra do milho

A qualidade da segunda safra de milho no Brasil está sendo comprometida devido ao cenário climático adverso no país. Em algumas regiões o clima está seco, em outras o excesso de umidade prejudica o desenvolvimento das plantas.

Em Primavera do Leste, Mato Grosso, a estiagem impediu o crescimento e amadurecimento dos grãos e as perdas devem ultrapassar os 50%. Durante entrevista à segunda edição de Mercado & Companhia desta segunda feira, dia 30, o presidente do Sindicato Rural da cidade, José Nardes, disse que muitos produtores não vão conseguir entregar o conteúdo negociado antecipadamente. Uma saída foi decretar estado de emergência na região, que também abrange os municípios de Novo São Joaquim, Novo Santo Antônio e Paranatinga.

Em Ubiratã, no Paraná, a situação é inversa. O excesso de chuvas paralisou as atividades no campo, que estavam adiantadas em relação às outras regiões do estado. Segundo o presidente do Sindicato Rural do município, Osmar Bertoli Junior, só no mês de maio choveu cerca de 270 milímetros e isso impacta nos grãos que já estão prontos para serem colhidos.

O produtor rural Ademilson Bizetti, de Quarto Centenário, disse por meio de mensagem via Whatsapp ao Canal Rural, que a situação da falta de milho pode ficar ainda pior. Só nos últimos 15 dias as chuvas ultrapassaram os 200 milímetros e o milho já está brotando dentro das próprias lavouras.

A meteorologista do Canal Rural, Pryscilla Paiva, alerta para a continuidade do cenário climático atual. A previsão é de que as chuvas só voltem ao Centro-Oeste em meados de outubro. Para o sul do país, as chuvas devem continuar intensas pelos próximos 15 dias.

Imagem 1


Fonte: Canal Rural
Ver todas as notícias